Vol. 6
N. 2

Esporotricose Cutânea com Apresentação Clínica Atípica: Relato de Caso e Revisão de Literatura

Autores

  • Pâmella Martinelli
  • Cléa Garcia Cerdeira de Ataíde
  • Maria das Graças Simões Santana Araújo
  • Victor Luiz Correia Nunes
  • Jussamara Brito Santos
Palavras-chave: Esporotricose, Esporotricose Cutânea Localizada, Micose Subcutânea, Itraconazol

Resumo

A esporotricose é uma micose subcutânea causada por fungos termodimórficos do gênero Sporothrix, cuja transmissão em geral ocorre por inoculação traumática do fungo na pele. Dentre as suas formas clínicas, a cutânea localizada é a segunda mais comum e geralmente se caracteriza por lesão única papulosa ou nodular, com ou sem ulceração. Descrevemos um caso de esporotricose cutânea fixa com apresentação clínica incomum. Tratava-se de paciente de 69 anos, do sexo feminino, com história de lesões dolorosas e pruriginosas no couro cabeludo. Ao exame físico, havia uma placa eritematosa com múltiplas pústulas sobrepostas localizada na região frontal de couro cabeludo e na fronte. O exame histopatológico e a cultura da lesão conduziram ao diagnóstico final. Este caso demonstra que a esporotricose é uma doença multifacetada, podendo mimetizar outras dermatoses e chama atenção para a sua ocorrência urbana.

Publicado

2022-08-30