Utilização da Pronação no Paciente em Ventilação Mecânica Invasiva com COVID-19: Revisão Narrativa

Autores

  • Andressa Evelly Freitas de Santana
  • Camila Santos de Oliveira
  • Diego Dias da Silva
  • João Nando Araujo da Silva
  • Keiko Takaoka Sode Cavalcante
  • Larissa de Araujo Benjoino
  • Silvana Monteiro Almeida

DOI:

https://doi.org/10.35753/rchsi.v8i1.518

Palavras-chave:

COVID-19, Fisioterapia, Posição Prona, Ventilação Mecânica Invasiva

Resumo

Introdução: no final de 2019, a cidade de Wuhan, na província de Hubei, China, iniciou-se um surto gripal na população, progredindo para uma insuficiência respiratória aguda, esse vírus passou a ser denominado como SARS-CoV-2. Em março de 2020, devido a alta taxa de transmissão e mortalidade, foi decretada a pandemia ocasionada pelo COVID-19. Objetivo: esse estudo tem por objetivo analisar as evidências científicas sobre o uso da posição prona (PP) em pacientes em ventilação mecânica invasiva com COVID-19. Materiais e Métodos: a revisão de literatura do tipo narrativa, utiliza materiais encontrados em banco de dados como Pubmed, SciELO e BIREME, no período de Agosto e Outubro de 2023. Resultados: a busca bibliográfica resultou em 92 artigos, subdivididos nas seguintes bases: Pubmed (46), Scielo (29) e BVS (17), nos idiomas espanhol, inglês e português. Conclusão: a pronação é uma técnica coadjuvante no manejo do paciente que encontra-se em ventilação mecânica invasiva secundária à COVID -19, sendo na maioria dos casos importante na melhora da PaO2/FIO2, mas não é um fator determinante na redução da mortalidade, pois trata-se de uma doença multissistêmica.

 

Publicado

2024-03-31